segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Reticências...

Ando por aí à procura de algo que supere minhas expectativas. À procura de um motivo que sustente a base do meu ser...

É incontestável a vontade que eu tenho de me trancar no quarto e ficar sonhando com tudo aquilo que um dia poderia se tornar realidade. Sonhos bons, agradáveis e meramente plausíveis de serem realizados. Mas então porque eu não os realizo? Parabéns... Eu também não sei! Apenas faço o que posso. Deixo o destino me guiar para algum lugar bom de preferência...

Quero mudar daqui para frente, agir diferente, conhecer novos caminhos. Pelo menos tentar. Quero encontrar nos meus verdadeiros amigos o repouso que eu tanto necessito nas piores situações da minha vida. Tenho de que um dia tudo irá se resolver e, se depender de mim, o mais breve possível.


Cansei de desabafar por aqui. Outro dia eu posto algo mais alegre, ou não.
Queridos leitores, fiquem em paz.

sábado, 16 de outubro de 2010

Breath

Respirar... Respirar...

Sentir o doce ar do mistério e da possível desilusão. Procurar, nas ironias e destinos da vida, o anseio do encaixe perfeito. Sim!

Respirar... Respirar...

Ultimamente andei vagando em meus pensamentos à procura de soluções para as quais, poucas respostas encontrei. Procurei no fundo do baú o remédio para a falta de ar repentina que vem me assolando esses dias. Não estou criando um caso de asma nem de qualquer doença respiratória. Apenas estou me escondendo atrás das metáforas deste texto. Não como um covarde, mas como alguém que vê o certo e o incerto e tem medo de se decepcionar. 

Como agir? Como saber o que será daqui para frente? Não sei... Infelizmente eu não sei... Vou deixar rolar. Algo de mim quer muito e outra tem receio!


quinta-feira, 29 de julho de 2010

Halo

Simm... Também quero um post musical. (hehehehe) Nada como estreá-lo com a tão previsível música Halo da Beyoncé. E aê? Vamos cantar?

Halo Beyoncé
Halo

Remember those walls I built
Well baby they're tumbling down
And they didn't even put up a fight
They didn't even make a sound
I found a way to let you in
But I never really had a doubt
Standing in the light of your halo
I got my angel now

It's like I've been awakened
Every rule I had you breaking
It's the risk that I'm taking
I ain't never gonna shut you out

Everywhere I'm looking now
I'm surrounded by your embrace
Baby I can see your halo
You know you're my saving grace
You're everything I need and more
It's written all over your face
Baby I can feel your halo
Prey it won't fade away

I can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo

Hit me like a ray of sun
Burning through my darkest night
You're the only one that I want
Think I'm addicted to your light
I swore I'd never fall again
But this don't even feel like falling
Gravity can't forget
To pull me back to the ground again

Feels like I've been awakened
Every rule I had you breaking
It's the risk that I'm taking
I'm never gonna shut you out

Everywhere I'm looking now
I'm surrounded by your embrace
Baby I can see your halo
You know you're my saving grace
You're everything I need and more
It's written all over your face
Baby I can feel your halo
Prey it won't fade away

I can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Halo, halo

Everywhere I'm looking now
I'm surrounded by your embrace
Baby I can see your halo
You know you're my saving grace
You're everything I need and more
It's written all over your face
Baby I can feel your halo
Prey it won't fade away

I can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo
Can feel your halo, halo, halo
Can see your halo, halo, halo



sábado, 12 de junho de 2010

¬¬º

Imagine,
Crie, mude,                                     =]
Reinvente, acerte.

Minta,
Julgue, humilhe,                             x(
Machuque, erre.

Sofra,
Pense, tente,                                   ><'
Arrume, consiga.

Observe,
Aprenda, aprecie,                        ¬¬º                          
Desculpe-se e não repita!!!!                                        


















Weather does not stop and goes fast.




terça-feira, 27 de abril de 2010

Agir ou se esconder?

 Agir ou se esconder?

Antes que me perguntem o porquê de estar escrevendo sobre isso, já digo que não relato sobre mim nem sobre ninguém. É apenas um assunto alheio que quero discutir. (=D)

            Quem não teve à porta a sensação de que deveria ter agido acerca de algo ou ter ficado em silêncio, já que as palavras ditas foram desnecessárias e ousadas? Muitos já devem ter passado por isso. Senão muitos, alguns.

            Timidez para os que se calam diante de algo? Quem sabe. Mas não se engane. Muitos que calam podem, na verdade, estar te poupando de uma verdade desagradável. Então fiquem espertos caros adoradores da frase: “Quem cala consente”. Nem sempre ela é válida. Heehehehe

            Aiai. (=\) Falando em timidez. Por que ela tem que ser atuante em muitas situações importantes? Por que ela age quando você quer pedir algo para sua mãe? Por que falar com aquele gatinho(a) parece ser mais difícil quando ela é dona da situação? xS Alguma solução? Avisem-me quando souberem. Eheheheh

            Agora o outro lado da moeda.

            Agir, fazer escolhas, tomar partido... Que coisa boa einh? Quase sempre. É bom quando usado dentro do seu espaço, mas quando invade o espaço do próximo... RAM! Algo de ruim pode acontecer, ou não. Alguns não se sentem ofendidos. Nem ligam, mas outros, procurando se auto-proteger, irão discutir, brigar ou até... xS

Então fikdik de pensar antes de agir, ou até mesmo, se calar para não machucar.



Dicas para uma sociedade mais igualitária e justa. kkk


P.s: Post bem atípico. Até que eu gostei. Heheheheh

Inté queridos leitores. 

domingo, 25 de abril de 2010

Que dia!!!!


Que “beautiful” dia é este que ilumina o olhar de quem é amante de um belo céu e não abre mão de alguns minutos de sua vida para apreciá-lo. Dia que tivera um céu aberto sem muitas nuvens nem muito sol com ventos que sopravam sem compromisso e que, quando iam embora, deixavam uma sensação de calor em nossa pele. Dia que... enfim. Cenário promissor e agradável para refletir como é bom viver nessa cidade chamada: Brasília. Cidade que ostenta este céu maravilhoso possível de ser enxergado. Simm... (xP) Indireta para as cidades que, como S.P, a única coisa que se vê são os inúmeros gases poluentes que se acumulam formando uma camada amarelada de poluentes. Esta que não só tampa o céu como prejudica a população existente naquela região. Mas enfim... Quem sou eu, sozinho, para mudar algo. Apenas me preocupo com o rumo que o mundo está tomando. E logo sentiremos os efeitos desse “pouco caso” que, infelizmente, muitos ainda o fazem. E se futuramente não sentirmos as consequências, pode ter certeza que se algo não for feito, seus filhos, netos ou bisnetos sentirão. x\




Chega de sermões... xD Hora de Blá,Blá, Blá!


Boa tarde queridos freqüentadores ou não deste blog. Hoje prometo que não terá lamentações nem choros por aqui. Hehehe Estou feliz e resolvi compartilhar com vocês o que ocorreu de bom neste final de semana, inclusive sexta-feira. (=D) Vamos lá.


Sexta-feira: Apesar de não ter saído para dançar horrores com os meus amigos (@mavifergaz, @dedebrasilia e @hermanovillar), pude reencontrar, depois de décadas, a Lara, a Bell, a Harumi, a Márcia e o agregado, Flávio. Já não sabia mais como era bom sair com essas pessoas maravilhosas que sempre me apoiaram nas mais diversas situações. Eternamente grato a eles.



Fomos ao cinema e para completar saímos para comer no RoudHouse. Ambiente muito confortável. Recomendado, viu. rsrsr Mas esteja preparado para gastar, porque as coisas não são baratas. Fikdik. (=D) Não deu para colocar todas as fofocas em dia, mas ainda terão outras oportunidades para nos reencontrarmos.


Sábado: Dia de comemorar o aniversário da Guidi, além de, também, tirar um tempinho para estudar. Bem que eu queria estudar tudo o que estava previsto, mas Ramm... (¬¬) Nem metade consegui. Mas enfim... Ok. Foi ótimo, tá.
De manhã fui para o cursinho, mas não assisti à última aula. Bléhh! Preferi ver a Dessa. Ehuehuheuhe Bem melhor conversar com ela e matar toda a saudades que eu estava do que assistir a uma aula que eu já vi e que era de um professor que estava substituindo outro. xD Cheguei da casa da Dessa e fui ao shopping com a Nah (ambos sem almoçar) comprar o presente da Ingrid. Como é difícil escolher presente, viu! xS Principalmente qd não dá para comprar o que vc quer e acaba levando outro. =\ Mas enfim... O presente era útil e acabou agradando do mesmo jeito. (=B).
À tarde, depois de rodar o conjunto Nacional e o pátio Brasil atrás de um presente, fui à casa da Bell estudar e ... Bem... Tentamos estudar. (=D) Saí de lá, me arrumei, esperei a Nah e esperei, esperei, esperei e continuei esperando até que o irmão dela resolveu chegar com o carro para podermos ir. Acho que ele faria bastante sucesso na Europa. Ok.(u.u) Fomos para o niver, joguei sinuca, conversei, “UnBezei”, comi, conversei, dancei, comi, fomos para o Giraffas, comi, bebi, bebi mais e fomos embora, cada um para sua casa, à procura de um cobertor para se enrolar no frio que assolava todos e acordar... Ram! xD
Hauhsuhauhs

P.S: Olha o Deus Gregooo Mada!!! rsrsrs xD~~~ (piada interna)

Domingo: Fiquei em casa o dia todo. Recebi a visita da Harumi e agora à noite irei à Igreja e, talvez depois, a um aniversário. Bjos e fuii!





Esse foi o meu fds. Todo embaixo de um céu MARA! =D

domingo, 18 de abril de 2010

Momentos


Olá queridos leitores. São 4h da manhã e eu aqui, sem sono, escrevendo no blog com meu pai do lado assistindo corrida de fórmula 1. Okey neh! Acho que sono não tem vez aqui em casa! (kkkk) Só minha irmã que dorme neste momento... Será que eu a acordo para se juntar a nós?? Einhh? kkkk (xD) Brincadeiraaa (=D)

Antes de começar com o post, gostaria de dizer que essa música do Muse - Undisclosed Desires é D+³³³³. Recomendo a todos. =D

A propósito, outras músicas que recomendo são as do Moby (Cantor e artista de música eletrônica estadunidense) que se apresentou hoje em Brasília. Muito boas. Aquele que não foi perdeu, viu. heheheheh *.*

A princípio não tinha em mente ir para o show, porém alguns amigos meus foram e como eu já estava saturado de estudar decidi ir também. Ninguém é de ferro, neh? Rum! xD

Sem mais delongas irei escrever o que antes deveras, mas que só agora, depois de tanto refletir, resolvi colocar no “papel”. Sei que você que lê neste momento e que sabe da história deve estar pensando: “Não faça isso... Não é necessário”. Enfim... Relaxe. Não serei rude nem desagradável. Apenas contarei para as paredes o que me aflige, pois elas, sim, saberão como agir neste momento. O de ficar na delas apenas me escutando. Apesar do show de sábado ter sido muito bom, algumas atitudes que aconteceram e que eu notei me deixaram no mínimo surpreso. E isso leva em consideração a amizade que tenho por esta pessoa. Tratar um amigo com desdenho e indiferença só abala mais ainda uma amizade que leva tempos para ser construída e que em questão de minutos pode desmoronar, poxa... (=\). As atitudes que tomo depende exclusivamente de mim e do meu bom senso, certo? Achava antes que o problema fosse meu, mas sei agora que não estou errado. Estava no meu momento de curtir a festa e os meus amigos. E é isso que importa. Ser feliz e aproveitar a vida na medida do possível. Dançar, pular, beijar, conversar, ouvir “playback” (¬¬) e esquecer dos problemas adversos que a vida impõe. Creio que todos procuram fazer isso. Estou errado?

Apesar de olhares não serem mais cruzados como percebi ontem, continuo gostando dessa pessoa. E isso não é ser hipócrita ou falso. É ter uma atitude de respeito e de saber cultivar algo que acho muito importante: a amizade. Porém cada um faz o que sabe. E eu farei a minha. Valorizar quem me valoriza.Adicionar imagem

Mudando de assunto... Ganhei um grande “convite” (okey... Foi mais um auto-convite) para jantar no Koni na companhia de uma excelente amiga, a @mavifergaz. Sei que já devo ter agradecido umas milhões de vezes, mas... NÃO INTERESSAAAA kkkkk. Comer temaki e sushi sempre é bem vindo, ainda mais quando estou com companhias e com dinheiro no bolso. kkkkk Já ia esquecendo... Seus amigos me conquistaram, sabia... Tirando uma desagradável amiga sua que não possui lição de moral nem sabe cultivar uma pseudo-paixão. E olha que está perdendo uma pessoa incrível, bonita e divertida. Quédizê??! Dx

E aí leitor? O que está achando? Emocionante, chato ou tanto faz? Kkkkk

Em relação ao show do Moby, gostaria de agradecer a companhia do Zago, da Mada, da Vanessa e do Eric. Foi ótimoo ter com quem conversar, dançar e cantar no meio de todo mundo. (xD) Obrigado mesmo gente.

Fazendo um total anacoluto agora, notei que gosto de ficar olhando os outros dançando. Será que é uma tara? Espero que não. Aushauhsuh Mas enfim... Tinha uma pessoa que, pela vestimenta e não querendo estereotipar, já o fazendo, parecia não possuir muita grana nem para um chinelo. Mas isso é o de menos. O que realmente me prendeu a atenção foi a forma dela dançar. Não era uma dança reprimida com passos tímidos e vergonhosos. Estava mais para uma mistura de alegria com bastante álcool no sangue (kkk). Naquele momento não importava o que os outros iriam pensar. Pouco se importava se teria que acordar cedo para ganhar o pão de cada dia. Estava apenas se sentindo bem com a melodia da música de um jeito “único” e engraçado. Por mais difícil que seja a vida, torne cada instante seu, uma situação única. Se os outros irão achar ridículo, não importa. Seja feliz, pois a vida é uma só e irreversível. (xD)

Aiai.... Tantas coisas aconteceram. Encontrei o Digo e o Léo no meio da multidão. Tanto tempo que não os via. Ehhehe Muito bom revê-los. (=D) Enfim. Minha noite foi ótima

Com as devidas considerações feitas e agradecimentos realizados, retiro-me deste recinto, porém deixo a porta encostada para quem quiser ver, refletir ou apenas se deslumbrar com as figuras e vídeos colocados no post. (xD)

Fiquem em paz e até uma outra oportunidade.

P.s: Que raivaa. Não consigo mover a foto e o vídeo de lugar. Depois eu edito! ><'


video

domingo, 4 de abril de 2010

I'm not perfect!

Pois é querido leitores. Como pode alguém fazer um blog e não escrever nele. Einh? (Rsrs) Às vezes acontece. Provavelmente seja culpa da incrível preguiça que açoita minha vida nessas horas! xD Fazer o que neh...

Enfim... Fiquei um pouco inspirado para escrever aqui ou, no mais, encher lingüiça com assuntos alheios. Tinha até preparado essa montagem para falar sobre a deusa do amor, porém acho que não seja o momento certo! Mas então qual o momento de agora? Não sei. Espero encontrar até o final do texto.


Como é incrível modelar os nossos sentimentos. Quem aqui nunca escutou uma música “away” e que de repente aquela batida harmoniosa com um toque leve de fraqueza emocional se tornou num momento epifânico (in)desejado. “Quedizê?” Culpa dos hormônios? Quem sabe! O ruim é quando a próxima música cava ainda mais esse sentimento! (Hauhsuhaus) (¬¬º) Aiai! Para isso, pressione o botão “Power” antes que, por lei de Murphy, a próxima não te enterre e coloque uma lápide em cima! Mas por que isso acontece? Só para motivar alguém a escrever no blog e desabafar com as paredes. Certeza!! Pois é isso que acontece comigo neste momento... Estava, sim, em meu quarto, quando tocou aquela música que me fez refletir em tudo que vêm acontecendo em minha vida! Pressões, anseios, desilusões, solidão, insatisfação física e emocional... Por que possuímos certos bloqueios com relação a algo? Por que às vezes tudo parece difícil? Tantos porquês e quase nenhuma resposta! Não quero desapontar por não ser um ser humano perfeito! Aliás, ninguém é! Então por que cobrar algo que você tem e o outro não. Aceite as diferenças! A grande inspiração é ser feliz com aquilo que você possui! (=\)

.......................

Bem... Quem sou eu para falar em satisfação interna. Ledo engano quem achar que tenho tudo. Que posso fazer o que eu quiser. Que consigo coisas materiais facilmente. Que é fácil me desdobrar em mil para agradar, apesar de estar disposto em deixar o próximo mais confortável e alegre. Acho ruim quando me criticam sem ter razão, quando, por exemplo, falam que estou com o hálito ruim no meio de todos ao invés de discretamente me chamar no canto e dizer. De como me visto ou de como eu lido com as coisas! Quer um conselho que procuro por em prática. Pense antes de falar e se possível não desconte sua raiva nas pessoas ou naqueles que não merecem ouvir. Não digo isso para ofender ou para deixá-lo com raiva de mim caso tenha feito. Apenas fico triste com certas atitudes. =\

Chega de reclamar de muitas coisas. Não vou termina meu primeiro post assim. (ahsuauhsuhs) Por isso irei agradecer pelas sextas de cada dia! Pelos dias em que posso dançar³³³, estar com minha família, conversar com meus amigos e despertar de uma semana cheia e estressante. xD


P.s: “Oi... Meu nome é Pétala. (hôhôhô)"


Uhmm! Cansei de escrever. Até uma próxima leitor!