domingo, 18 de abril de 2010

Momentos


Olá queridos leitores. São 4h da manhã e eu aqui, sem sono, escrevendo no blog com meu pai do lado assistindo corrida de fórmula 1. Okey neh! Acho que sono não tem vez aqui em casa! (kkkk) Só minha irmã que dorme neste momento... Será que eu a acordo para se juntar a nós?? Einhh? kkkk (xD) Brincadeiraaa (=D)

Antes de começar com o post, gostaria de dizer que essa música do Muse - Undisclosed Desires é D+³³³³. Recomendo a todos. =D

A propósito, outras músicas que recomendo são as do Moby (Cantor e artista de música eletrônica estadunidense) que se apresentou hoje em Brasília. Muito boas. Aquele que não foi perdeu, viu. heheheheh *.*

A princípio não tinha em mente ir para o show, porém alguns amigos meus foram e como eu já estava saturado de estudar decidi ir também. Ninguém é de ferro, neh? Rum! xD

Sem mais delongas irei escrever o que antes deveras, mas que só agora, depois de tanto refletir, resolvi colocar no “papel”. Sei que você que lê neste momento e que sabe da história deve estar pensando: “Não faça isso... Não é necessário”. Enfim... Relaxe. Não serei rude nem desagradável. Apenas contarei para as paredes o que me aflige, pois elas, sim, saberão como agir neste momento. O de ficar na delas apenas me escutando. Apesar do show de sábado ter sido muito bom, algumas atitudes que aconteceram e que eu notei me deixaram no mínimo surpreso. E isso leva em consideração a amizade que tenho por esta pessoa. Tratar um amigo com desdenho e indiferença só abala mais ainda uma amizade que leva tempos para ser construída e que em questão de minutos pode desmoronar, poxa... (=\). As atitudes que tomo depende exclusivamente de mim e do meu bom senso, certo? Achava antes que o problema fosse meu, mas sei agora que não estou errado. Estava no meu momento de curtir a festa e os meus amigos. E é isso que importa. Ser feliz e aproveitar a vida na medida do possível. Dançar, pular, beijar, conversar, ouvir “playback” (¬¬) e esquecer dos problemas adversos que a vida impõe. Creio que todos procuram fazer isso. Estou errado?

Apesar de olhares não serem mais cruzados como percebi ontem, continuo gostando dessa pessoa. E isso não é ser hipócrita ou falso. É ter uma atitude de respeito e de saber cultivar algo que acho muito importante: a amizade. Porém cada um faz o que sabe. E eu farei a minha. Valorizar quem me valoriza.Adicionar imagem

Mudando de assunto... Ganhei um grande “convite” (okey... Foi mais um auto-convite) para jantar no Koni na companhia de uma excelente amiga, a @mavifergaz. Sei que já devo ter agradecido umas milhões de vezes, mas... NÃO INTERESSAAAA kkkkk. Comer temaki e sushi sempre é bem vindo, ainda mais quando estou com companhias e com dinheiro no bolso. kkkkk Já ia esquecendo... Seus amigos me conquistaram, sabia... Tirando uma desagradável amiga sua que não possui lição de moral nem sabe cultivar uma pseudo-paixão. E olha que está perdendo uma pessoa incrível, bonita e divertida. Quédizê??! Dx

E aí leitor? O que está achando? Emocionante, chato ou tanto faz? Kkkkk

Em relação ao show do Moby, gostaria de agradecer a companhia do Zago, da Mada, da Vanessa e do Eric. Foi ótimoo ter com quem conversar, dançar e cantar no meio de todo mundo. (xD) Obrigado mesmo gente.

Fazendo um total anacoluto agora, notei que gosto de ficar olhando os outros dançando. Será que é uma tara? Espero que não. Aushauhsuh Mas enfim... Tinha uma pessoa que, pela vestimenta e não querendo estereotipar, já o fazendo, parecia não possuir muita grana nem para um chinelo. Mas isso é o de menos. O que realmente me prendeu a atenção foi a forma dela dançar. Não era uma dança reprimida com passos tímidos e vergonhosos. Estava mais para uma mistura de alegria com bastante álcool no sangue (kkk). Naquele momento não importava o que os outros iriam pensar. Pouco se importava se teria que acordar cedo para ganhar o pão de cada dia. Estava apenas se sentindo bem com a melodia da música de um jeito “único” e engraçado. Por mais difícil que seja a vida, torne cada instante seu, uma situação única. Se os outros irão achar ridículo, não importa. Seja feliz, pois a vida é uma só e irreversível. (xD)

Aiai.... Tantas coisas aconteceram. Encontrei o Digo e o Léo no meio da multidão. Tanto tempo que não os via. Ehhehe Muito bom revê-los. (=D) Enfim. Minha noite foi ótima

Com as devidas considerações feitas e agradecimentos realizados, retiro-me deste recinto, porém deixo a porta encostada para quem quiser ver, refletir ou apenas se deslumbrar com as figuras e vídeos colocados no post. (xD)

Fiquem em paz e até uma outra oportunidade.

P.s: Que raivaa. Não consigo mover a foto e o vídeo de lugar. Depois eu edito! ><'


video

Um comentário:

  1. Primeiro de tudo: não precisa agradecer! Adorei o seu "auto convite", se você não fosse comigo eu ainda estaria na vontade de sushi! E a propósito, quando quiser é só me chamar ;D

    Entendo beeeem o que você passa, estou no mesmo grupo.... Mas não podemos fazer nada, algumas pessoas tem que entender que existe livre arbítrio e momentos. Não vamos nos estressar com isso, certo? No fim quem fica com rugas somos nós e isso não pode!!!

    Por fim, ah..... problemas que ficam pinicando na nossa cabeça são chatos né? Sabe que eu ainda não sei o que fazer sobre aquela história =x (help?!)


    Hey....relaxa! ;D (bjoka ^_^)

    ResponderExcluir